Solicite Um Orçamento











    edificio-funchal-atibaia-2

    Como funciona o Processo da Laje Pré-Moldada?

    Tudo se inicia no primeiro contato com o cliente, quando procedemos com um atendimento personalizado e técnico em nosso escritório ou na sua obra.

    Depois de analisar suas necessidades e mostrar as soluções, solicitamos o projeto estrutural da obra, para que possamos elaborar um projeto de cálculo e projeção da laje, escoramentos, ferragens e muito mais…

    Agora enviamos um técnico até sua obra para conferir todas as medidas e a estrutura, podendo assim realizar um projeto mais preciso.

    Com o projeto aprovado, começamos a processar os materiais e se necessário, nossa equipe utilizará o laboratório para possíveis alterações em traços de concreto e ferragem.

    Agora com o projeto e os materiais em mãos, a nossa equipe está pronta para deixar a sua laje finalizada. Podemos combinar o período da entrega e concretagem sem demora!

    Benefícios da Laje Pré-Moldada

    Trelifácil – Se você precisar de uma material específico para sua laje, onde é preciso ganhar tempo, ter menor esforço na mão de obra e agilidade, a Trelifácil veio para resolver esse problema!

    Imagine tentar subir o material, vez após vez, em um elevador pequeno? Uma laje convencional não seria a solução. Com a Trelifácil, um funcionário, com as duas mãos cheias, pode subir até 37M de laje de uma só vez, em uma única viagem.

    Laje de EPS (Isopor) – O processo de instalação da laje pré-moldada de EPS Isopor é mais ágil justamente pela facilidade de aplicação, sem a necessidade de recorte e secagem das peças, possibilitando assim o atendimento aos prazos da construção ou reforma.

    técnica empregada na produção da laje pré-moldada proporciona um alto ganho de qualidade, desempenho e acabamento, comparado à laje tradicional. Além disso, o produto se adéqua conforme as necessidades da obra, reduzindo o peso da edificação e proporcionando maior resistência mecânica.

    Laje Treliçada com Lajota – As lajes treliçadas com lajotas são vigotas de concreto armado, constituídas por uma base de concreto que serve de apoio para uma treliça metálica, revestidas por tavelas de concreto ou cerâmicas.

    Após a montagem do sistema, é lançado uma capa de concreto para unir as peças. Este tipo de laje pode ser utilizado tanto em obras de grande porte quanto de pequeno porte.

    As dimensões da armadura e o espaçamento entre as vigotas é que determinam as possibilidades de carregamentos e aplicações desta laje.

    Lajes Aveolares – As  Lajes Aveolares são constituídas por painéis de concreto protendido vazados, com alvéolos longitudinais, que permitem a redução do peso da peça.

    O concreto utilizado na fabricação desta laje é de elevada resistência à compressão (maior que 45Mpa) e as armaduras, com aços específicos para protensão.

    Lajes de Painéis Treliçados – Parecidas com as lajes treliçadas, estas lajes também são constituídas por vigotas de concreto armado que sustentam uma treliça metálica, porém, com maior base, formando nervuras mais robustas e permitindo maior capacidade de carga.

    Estes painéis ficam lado a lado, estruturando a própria forma para a concretagem, são indicados para edificações com maiores carregamentos, pois suportam mais de 1000kgf/m², além de não precisarem de reboco, já que os painéis são bem acabados, permitindo o acabamento apenas com uma demão de verniz para a impermeabilização da laje para que não haja corrosão do concreto.

    Lajes com Vigota “T” – são as mais convencionais. São constituídas por vigotas de concreto e tavelas de concreto ou cerâmicas.

    As vigotas são trilhos maciços com seção transversal “T” que servem de encaixe para as tavelas, que são blocos utilizados para o revestimento da laje. Após a execução das vigotas, as tavelas são encaixadas sobre elas, a distância entre as vigotas depende do tamanho das tavelas.

    Para conectar as peças, é lançada uma camada de concreto, chamada de capa. Estas lajes são indicadas para uso em edificações de pequeno porte, que demandem pequenos vãos e baixas sobrecargas.

    casa-refgio-do-sau-ii-atibaia-1

    Benefícios da Laje Pré-Moldada

    Trelifácil – Se você precisar de uma material específico para sua laje, onde é preciso ganhar tempo, menor esforço na mão de obra e agilidade, a Trelifácil resolveria esse problema!

    Imagine tentar subir o material, vez após ve, em um elevador pequeno? Uma laje convencional não seria a solução. Com a Trelifácil, um funcionário, com as duas mãos cheias, pode subir até 37M de laje de uma vez só, em uma única viagem.

    Laje de EPS (Isopor) – O processo de instalação da laje pré-moldada de EPS Isopor é mais ágil justamente pela facilidade de aplicação, sem a necessidade de recorte e secagem das peças, possibilitando assim o atendimento aos prazos da construção ou reforma.

    técnica empregada na produção da laje pré-moldada proporciona um alto ganho de qualidade, desempenho e acabamento, comparado à laje tradicional. Além disso, o produto se adéqua conforme as necessidades da obra, reduzindo o peso da edificação e proporcionando maior resistência mecânica.

    Laje Treliçada com Lajota – As lajes treliçadas com lajotas são vigotas de concreto armado, constituídas por uma base de concreto que serve de apoio para uma treliça metálica, revestidas por tavelas de concreto ou cerâmicas.

    Após a montagem do sistema, é lançado uma capa de concreto para unir as peças. Este tipo de laje pode ser utilizado tanto em obras de grande porte quanto de pequeno porte.

    As dimensões da armadura e o espaçamento entre as vigotas é que determinam as possibilidades de carregamentos e aplicações desta laje.

    Lajes Aveolares – As  Lajes Aveolares são constituídas por painéis de concreto protendido vazados, com alvéolos longitudinais, que permitem a redução do peso da peça.

    O concreto utilizado na fabricação desta laje é de elevada resistência à compressão (maior que 45Mpa) e as armaduras, com aços específicos para protensão.

    Lajes de Painéis Treliçados – Parecidas com as lajes treliçadas, estas lajes também são constituídas por vigotas de concreto armado que sustentam uma treliça metálica, porém, com maior base, formando nervuras mais robustas e permitindo maior capacidade de carga.

    Estes painéis ficam lado a lado, estruturando a própria forma para a concretagem, são indicados para edificações com maiores carregamentos, pois suportam mais de 1000kgf/m², além de não precisarem de reboco, já que os painéis são bem acabados, permitindo o acabamento apenas com uma demão de verniz para a impermeabilização da laje para que não haja corrosão do concreto.

    Lajes com Vigota “T” – são as mais convencionais. São constituídas por vigotas de concreto e tavelas de concreto ou cerâmicas.

    As vigotas são trilhos maciços com seção transversal “T” que servem de encaixe para as tavelas, que são blocos utilizados para o revestimento da laje. Após a execução das vigotas, as tavelas são encaixadas sobre elas, a distância entre as vigotas depende do tamanho das tavelas.

    Para conectar as peças, é lançada uma camada de concreto, chamada de capa. Estas lajes são indicadas para uso em edificações de pequeno porte, que demandem pequenos vãos e baixas sobrecargas.

    casa-refgio-do-sau-ii-atibaia-1

    Benefícios da Laje Pré-Moldada

    Trelifácil – Se você precisar de uma material específico para sua laje, onde é preciso ganhar tempo, menor esforço na mão de obra e agilidade, a Trelifácil resolveria esse problema!

    Imagine tentar subir o material, vez após ve, em um elevador pequeno? Uma laje convencional não seria a solução. Com a Trelifácil, um funcionário, com as duas mãos cheias, pode subir até 37M de laje de uma vez só, em uma única viagem.

    Laje de EPS (Isopor) – O processo de instalação da laje pré-moldada de EPS Isopor é mais ágil justamente pela facilidade de aplicação, sem a necessidade de recorte e secagem das peças, possibilitando assim o atendimento aos prazos da construção ou reforma.

    técnica empregada na produção da laje pré-moldada proporciona um alto ganho de qualidade, desempenho e acabamento, comparado à laje tradicional. Além disso, o produto se adéqua conforme as necessidades da obra, reduzindo o peso da edificação e proporcionando maior resistência mecânica.

    Laje Treliçada com Lajota – As lajes treliçadas com lajotas são vigotas de concreto armado, constituídas por uma base de concreto que serve de apoio para uma treliça metálica, revestidas por tavelas de concreto ou cerâmicas.

    Após a montagem do sistema, é lançado uma capa de concreto para unir as peças. Este tipo de laje pode ser utilizado tanto em obras de grande porte quanto de pequeno porte.

    As dimensões da armadura e o espaçamento entre as vigotas é que determinam as possibilidades de carregamentos e aplicações desta laje.

    Lajes Aveolares – As  Lajes Aveolares são constituídas por painéis de concreto protendido vazados, com alvéolos longitudinais, que permitem a redução do peso da peça.

    O concreto utilizado na fabricação desta laje é de elevada resistência à compressão (maior que 45Mpa) e as armaduras, com aços específicos para protensão.

    Lajes de Painéis Treliçados – Parecidas com as lajes treliçadas, estas lajes também são constituídas por vigotas de concreto armado que sustentam uma treliça metálica, porém, com maior base, formando nervuras mais robustas e permitindo maior capacidade de carga.

    Estes painéis ficam lado a lado, estruturando a própria forma para a concretagem, são indicados para edificações com maiores carregamentos, pois suportam mais de 1000kgf/m², além de não precisarem de reboco, já que os painéis são bem acabados, permitindo o acabamento apenas com uma demão de verniz para a impermeabilização da laje para que não haja corrosão do concreto.

    Lajes com Vigota “T” – são as mais convencionais. São constituídas por vigotas de concreto e tavelas de concreto ou cerâmicas.

    As vigotas são trilhos maciços com seção transversal “T” que servem de encaixe para as tavelas, que são blocos utilizados para o revestimento da laje. Após a execução das vigotas, as tavelas são encaixadas sobre elas, a distância entre as vigotas depende do tamanho das tavelas.

    Para conectar as peças, é lançada uma camada de concreto, chamada de capa. Estas lajes são indicadas para uso em edificações de pequeno porte, que demandem pequenos vãos e baixas sobrecargas.

    casa-refgio-do-sau-ii-atibaia-1

    Viu só como é interessante as obras se adaptarem a nova laje pré-moldada?

    Solicite um orçamento sem compromisso e nossa equipe terá o prazer de te ajudar.

    Você conhece a Atilaje Pré-Moldados?

    A Atilaje Pré-Moldados foi criada em 2016 para atender a forte demanda de Atibaia e região Bragantina, visto que a crise momentânea do país estava afetando diretamente a qualidade dos produtos pré-moldados, foi então que os dois amigos e sócios aproveitaram essa brecha para desenvolver produtos de primeira linha, com qualidade, agilidade na entrega e um escritório totalmente diferenciado, uma forte estrutura para atender e surpreender seus clientes e parceiros. As projeções não poderiam ser melhores, indicam um crescimento de demanda para o mercado até 2020 de até 40%.

    A Atilaje mantém uma margem competitiva através de entrega rápida, de excelente relação com os clientes e de sua capacidade de se adequar às suas necessidades.

    A Atilaje conta com uma equipe técnica e comercial totalmente dedicada.
    Estamos preparados para atender sua obra seja ela pequena, média ou grande porte, para lhe oferecer seus produtos em volume e ritmo de produção extremamente satisfatórios, afim de não faltar produto em sua obra.

    Veja mais sobre obras que fornecemos os nossos produtos e serviços…

    Entre em contato para mais informações

    Solicite um orçamento sem compromisso e nossa equipe terá o prazer de te ajudar.

    Solicitar Suporte
    1
    Precisa de um suporte rápido?
    Olá, posso ajudar?